Open/Close Menu A Diocese de Viseu é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica em Portugal

Ajuda continua até 10 de dezembro.
A campanha de recolha de alimentos do Banco Alimentar (BA) angariou em Viseu 76.138 toneladas, e “conseguimos igualar” o valor que foi angariado em 2016, em igual período, como adiantou Fátima Ribeiro, presidente do BA de Viseu. A recolha aconteceu entre os dias 1 e 3 de dezembro, e em termos nacionais foram angariadas mais de 2200 toneladas de alimentos.
Fátima Ribeiro, em declarações ao Jornal da Beira, confirmou que esta campanha “superou as nossas expetativas”. “Em verdade, tínhamos algum receio porque esta campanha aconteceu pouco tempo depois de os portugueses oferecem bens para as pessoas que foram vítimas dos incêndios, mas as pessoas são muito solidárias”, sustentou a responsável. Cerca de 15 toneladas saíram do armazém do Banco Alimentar de Viseu para diversas instituições da região, nesse contexto. O armazém “estava vazio”, declarou.
No armazém do BA de Viseu estiveram centenas de voluntários, mas foram mais de 2800 os que participaram na iniciativa em vários pontos do distrito. Por esse motivo, Fátima Ribeiro não deixou de enaltecer o “grande esforço dos nossos voluntários” como os condutores, os que estiveram nas superfícies comerciais a recolher as dádivas dos viseenses e no armazém a fazer a separação, “equipas incansáveis”, as empresas “que nos ajudaram”. “O armazém esteve repleto de voluntários, sempre com uma alegria gratificante”, aludiu a presidente do BA de Viseu. Os alimentos serão distribuídos por mais de 100 instituições do distrito.

Ajuda nacional já está no terreno

Em termos nacionais, as mais de 2200 toneladas de alimentos começaram a ser distribuídas na segunda-feira, 4 de dezembro, um dia depois de terminada a recolha, em particular os alimentos frescos como “frangos, legumes, frutas e pão”, indicou Isabel Jonet, presidente do Banco Alimentar nacional. Em termos totais participaram mais de 40 mil voluntários. Os alimentos recolhidos, em 2000 supermercados de 21 regiões do país, vão ser distribuídos a 2630 instituições de solidariedade social que, por sua vez, farão chegar a mais de 420 mil pessoas sinalizadas com carências alimentares comprovadas, através de cabazes e de refeições confecionadas. A entrega de mais de 105 toneladas de alimentos será diária os 21 Bancos Alimentares do país. É assim desde a passada terça-feira, 5 de dezembro.
A ajuda ao Banco Alimentar continua até ao próximo dia 10 de dezembro, através de vales que estão disponíveis nos supermercados. Também pela internet é possível ajudar esta campanha, através da página www.bancoalimentar.pt
G.I./Ecclesia:PBA

CategoriaIgreja, Pastoral, Viseu

© 2016 Diocese de Viseu. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: scpdpi.com

Siga-nos: